Mais uma vez sacrificam as famílias brasileiras

Uma política de preços equivocada, numa circunstância contrária. Se existe uma estatal para explorar e distribuir petróleo só pode ser para ela moderar os preços dos combustíveis no País. Aí, o “Governo” Temer tem a ideia infeliz de vender em dólar o petróleo, no país onde a moeda corrente é real!! Loucura! Assim como o petróleo e os minerais, o milho também é uma comoditie.

Já pensou e atrelar o preço da farinha de milho à variação cambial diária? Ia faltar angu! Agora vem o lobby das distribuidoras e postos para baixarem os impostos… beleza! Todo mundo já sabe como termina: abaixa o preço na refinaria, aumento o lucro dos atravessadores e os pobres mortais continuam pagando alto! O certo, na minha opinião, seria o Estado exercer o seu poder moderador e fixar parâmetros de piso e teto de oscilação do preço da comoditie para disparar o acréscimo ou decréscimo (10%, por exemplo), em períodos que permitam às pessoas terem a memória de referência (mensal, por exemplo), para que não percamos a ordem de valor. Não se pode esperar muito desse grupo de governo que aí está. Toda medida tomada em meio a uma crise dessa dimensão tem o vies de ser açodada e sem planejamento para sua efetivação perene.

Mais uma vez, as asneiras que sacrificam o cidadão brasileiro! Uma política de preços equivocada, numa circunstância contrária. Se existe uma estatal para explorar e diatribuir petróleo só pode ser para ela moderar os preços dos combustíveis no País. Aí, o “Governo” Temer tem a ideia infeliz de vender em dólar o petróleo, no país onde a moeda corrente é real!! Loucura! Assim como o petróleo e os minerais, o milho também é uma comoditie.

Não se pode esperar muito desse grupo de governo que aí está. Toda medida tomada em meio a uma crise dessa dimensão tem o vies de ser açodada e sem planejamento para sua efetivação perene. Mais uma vez, as asneiras que sacrificam o cidadão brasileiro!

 

Fonte: Leandro Nardy

Leave a comment